O que as mulheres querem?

Sim, eu tenho Orkut, todo dia abro aquele treco e troco algumas mensagens com amigos, mas dificilmente fico pulando de comunidade em comunidade.

Ontem foi diferente. Estava com um humor péssimo, sem o que fazer e inventei de sair fuçando por aí. Acabei me deparando com uma comunidade chamada “Minha vida amorosa é uma piada” e como instantaneamente senti a “afinidade” com o tema fui dar uma olhada mais de perto e ignorando os spams encontrei um tópico que intitula esse post.

No tópico, o autor descrevia sua frustração com o fim de seu relacionamento, nada fora do comum em se tratando de Orkut. Mas o que mais me chamou a atenção no tópico foi o texto de um e-mail que ele recebeu e postou sobre quais seriam as pretensões femininas quanto a um relacionamento. Em sua maior parte eu não posso discordar do texto, mas resolvi comentar sobre ele.

Nesse texto, é falado que quem transforma os homens em cachorros são as próprias mulheres. Vamos por partes. Sim, é verdade que alguns caras acabam como cachorros por frustrações e decepções que alguém lhe impôs. Isso eu quase posso afirmar por experiência própria. Apenas não afirmo totalmente porque nunca fui capaz de fazer nada que pudesse me sentir culpado com a sensação que me aproveitei de alguém por uma situação qualquer. Como exemplo, posso citar uma ex colega de pré-vestibular, que era louca por mim(sem falsa modéstia). Ela passou um bom tempo tentando fazer com que me interessasse por ela. Se fosse um desses cachorros teria me aproveitado e feito tudo que minha mente pervertida pudesse imaginar com ela, tal era o interesse nela em ficar comigo. Outras situações como essa também aconteceram, mas deixemos isso de lado.

O que passa na cabeça das mulheres nessas horas? Os caras tem de ser bonitos, legais, inteligentes…mas onde fica a parte importante da história? Gostar de verdade, respeitar, ouvir…Conversando com algumas amigas, já me relataram aos prantos suas dúvidas sobre o porque de os caras só se aproximar delas com interesse físico e não interessado realmente em um relacionamento sério. Oras, me desculpem queridas amigas, vocês sabem o quanto gosto de vocês, mas a resposta para isso está logo ali em cima: “as próprias mulheres criam os cachorros”. Se você perguntava-se inconformada o porque dessa frase deixe-me iluminar suas idéias. Quando vocês permitem que alguns exemplares da “raça” tenham sucesso em suas investidas vocês ajudam a fazer o cara acreditar que não precisam dessa “besteira” de ficar sério com alguém. Por que ele deveria ter esse trabalho se ali na esquina vai sempre ter alguém que vai cair na conversa dele e se render à alguns elogios ou uma conta paga?

Não consigo deixar de sentir uma ironia nessas coisas. Você não precisa ir longe, um rápido jogo de perguntas e respostas com qualquer pessoa vai mostrar que o que ela quer é uma pessoa que goste dela de verdade, seja fiel, honesta e todo esse blábláblá que todo mundo conhece, mas efetivamente, quem realmente faz isso? Já cansei de ver gente que se dizia amar mais que tudo no mundo uma pessoa e só precisa de um show, uma saída sem o amor da vida dele(a) para o pulo de cerca acontecer(experiência própria). Deus tenha piedade. Que amor é esse que a pessoa enfia uma faca nas costas de quem diz amar e volta na maior cara de pau depois dizendo que ama e tudo mais?

Pra dizer a verdade na maior parte do tempo eu tenho vergonha do ser humano, se pudesse escolher seria até uma barata que executa seu papel mais honrosamente que uma pessoa, tal é a falta de respeito que se tem pelos sentimentos alheios. Quando nós passamos a dar conversa para pessoas que só querem se aproveitar da gente, seja lá por que motivo for, não estamos sendo tão melhores que elas. Claro que cada caso é um caso e as vezes não percebemos que somos enganados, acontece. Mas também há casos que a pessoa sabe que a outra não presta e continua dando “apoio” a essa pessoa. Outro exemplo que posso dar é diretamente relacionado a isso. A um tempo atrás eu acabei envolvido indiretamente num rolo que teve no Orkut. Uma garota lá que não tenho a mínima idéia de quem seja e nunca vi na minha vida me apareceu insinuando qualquer coisa sobre eu ser um exemplar do tipo cachorro. Claro que fiquei puto e fui responder. Como a curiosidade é uma praga da humanidade, inventei de espiar o álbum da criatura e pra minha surpresa vi que só haviam fotos de conversa de um cara lá falando sobre sair com “umas mina”, da namorada dele e ameaçando a doida que tava zoando com ele. Minha raiva já diminuiu. “Ela ta delatando o cara? Huahahaha, bem feito pra ele.” pensei. Tenho uma política extremista sobre traição. Traiu? Tem mais que quebrar a cara(sei, sei, tem gente que num momento de fraqueza acaba fazendo merda e se arrepende de verdade, mas não é o caso a que me refiro) e pelo que acompanhei da história(falei, curiosidade é uma praga da humanidade) a namorada do cara deu um pé nele, nada mais justo. O foda da história foi que mesmo com o cara exposto como foi, ainda teve gente que tava defendendo ele. Não deu pra acreditar. Eu não tenho mais o perfil da criatura que detonou com o cara e pra falar a verdade nem quero, mas fiquei com um pouco de pena dela por ver que mesmo tendo feito aquilo ainda teve gente defendendo o cara, gente assim não merece nem amigos. É por causa dessas coisas que os cachorros são cachorros, esse tipo de apoio estimula os caras.

Saber que tem gente que se da com esse tipo me deixa com um pouco de raiva e frustração(não da pessoa, mas pela ironia de sempre ter sido e agido direito e mesmo assim não me sentir tão querido quanto um FDP desses parece ser). Como não poderia ficar, se num momento dizem que querem o bonzinho, mas na hora de ficar pegam os FDPs que tem por aí? Boa parte das vezes sabendo que são. Aceitem um fato, quem chega em vocês despejando um caminhão de elogios, pegando, alisando, falando que te desejam e tal, aquele tipo de cantada tão imbecil que eu não consigo acreditar como vocês comem, não querem nada de sério com vocês. Só querem usar até onde conseguirem e não conseguindo largam e vão atrás de outra. Ao mesmo tempo que fazem isso com vocês estão jogando mesma conversa em outras 10 sem que vocês saibam.

Quem gosta de vocês de verdade elogia sim, mas reparem na diferença, eles sempre chegam mais tímidos, mais retraídos, pois tem medo de perder vocês. Medo que as vezes parece ser justificado, já que mesmo quando conseguem, podem ser trocados porque vocês ficam invejando suas amigas que estão saindo todo dia, tomando as mesmas cantadas idiotas e se deixando levar por elas. Percebam a verdade nisso. É duro aceitar algumas coisas, não? Mas aceitem e aceitem por vocês mesmas. Quanto mais vocês dão conversa pra gente desse jeito, mais vai quebrar a cara e mais as pessoas que gostam de vocês vão se afastar, pois começam a pensar mal de vocês por mais que isso doa nelas. É a velha lei da Física se mostrando cada vez mais certa, “toda ação tem uma reação contrária e inversa à força exercida” e olha que essa força nem precisa ser física.

Não lembro onde que eu vi isso, mas achei completamente verdadeiro que o que a gente faz, por mais que achemos que é problema nosso, não é apenas nosso, já que afeta diretamente as pessoas que gostam da gente, então nossas decisões vão cair sobre os outros e devemos tomar cuidado. Por isso, da próxima vez que pensar em fazer alguma coisa, considere também como isso pode afetar quem gosta de você.

UPDATE: só para agradecer o e-mail de apoio e o carinho da Liliana. Valeu mesmo, doutora. =)

Anúncios
  1. #1 por Thiago Berti em 10/04/2007 - 13:31

    Mas é bem assim mesmo.

    Mulher gosta é de quem trata mal.

    E depois vai reclamar com o bonzinho. (por isso só me fodo, mas é a vida…)

  2. #2 por Sigil em 10/04/2007 - 15:29

    Somos dois…também só faço quebrar a cara com isso. Ando até desistindo já. =/

  3. #3 por Gislene em 11/04/2007 - 8:04

    Concordo.. mais nem todas são assim né… rsrsrs
    Tem escessões…

    Mais tenha uma bela semana Eric….

    Bjs
    Gi

  4. #4 por el_poland em 11/04/2007 - 10:20

    Realmente, acho que a escrotidão está vencendo hoje em dia, infelizmente.

  5. #5 por Carlinha-Kakau em 11/04/2007 - 22:02

    Bom, mas uma vez aqui estou…
    deparando com tua palavras formadoras de opinião
    coincidência ou não, hoje você fala de uma comunidade que participo, e hoje percebe-se que as pessoas não estão tão interessadas nos sentimentos, mas graças a Deus ainda existem peças raras como nos, que ainda acreditamos fielmente que o amor existe e suporta tudo.
    Mas voltando ao texto, hoje você conseguiu superar e colocar pra fora todas as mazelas dos seres humanos, continue assim, sei que faz bem para você expor tuas idéias, mostrar seu ponto de vista.
    E acredite, tudo vai ficar bem no final
    beijos

  6. #6 por Sigil em 11/04/2007 - 22:49

    Comentários sempre profundos, né querida Kakau? 🙂

  7. #7 por Halbran em 12/04/2007 - 12:58

    Texto muito bem desenvolvido, e chego a concordar com mais que a totalidade dele.
    Mas enfim. Um dia elas vão perceber.
    Continue o bom trabalho. ^^

  8. #8 por Veridiana Serpa em 13/04/2007 - 11:08

    gostei do texto e do blog…

  9. #9 por anacassia pereira dos santos em 01/05/2007 - 15:58

    trexto lindo pelo mesno você valorisa uma mulher que mulher não para pisar mais sim para cuidar continue sempre assim um beijo ass:p

  10. #10 por maikon em 27/12/2007 - 13:18

    eu acho que as mu8lheres gostam de um homem diferente aquele homem as vezes nao inteliogente mas que gosta de uma bagunça e um, garoto legal e ainda nofinal consegue ser responsavel

  11. #11 por Israel em 24/02/2010 - 2:34

    Hum… Três anos é mais do que se espera, mas por isso é bom (e ruim) um arquivo duradouro. Bom, porque vc pode ouvir algumas e ruim porque, se estiver evoluindo, ainda existe o testemunho de quando foi bobo. 🙂

    Mas to na dúvida, ainda concorda com o que escreveu? Isso pra mim é papo de medroso, que não aceita as complexidades (e simplicidades) da vida. Tudo é coerente, realmente, há causa e efeito, mas não reconhece a causa e efeito em vc mesmo? O ajuste monogâmico não é necessariamente o melhor, traição não é um bicho de sete cabeças e deus, até provem contrário, nem existe.

    E todo mundo fica se esforçando para viver infeliz e limitado. E isso nem é errado. Errado é achar que todo mundo tem que ser igual e odiar ou se ressentir de quem não é. As mulheres escolhem bem, mesmo fazendo merdas, prova disso é que estamos aqui hoje… e vc também, apesar de. 🙂

  12. #12 por Eric Souza em 30/03/2010 - 15:03

    Sim, ainda concordo com isso. E porque seria medroso? Eu assumo o que penso e o que sinto, não tenho vergonha disso.

    Acho que traição seja um bicho de sete cabeças sim, existem pessoas e pessoas, nem todas tem uma condição psicológica forte o suficiente pra aguentar tudo na vida. Uma traição pode mexer o suficiente com gente desse tipo o suficiente pra fazer a pessoa fazer alguma besteira, não apenas com ela mesma, mas com outras. Pode destruir completamente uma pessoa. Fraca e medrosa? Talvez, mas quem sabe as coisas que já aconteceram na vida dessa pessoa que a transformaram nisso? Quando se está de fora julgar e criticar é fácil, mas quando certas coisas acontecem com a gente quem sabe a destruição emocional que é causada somos nós mesmos.

  13. #13 por Marcos em 26/10/2010 - 12:10

    Vejo alguns problemas de software mesmo com as mulheres, ou seja, problemas no modelo de pesamento delas. Gostam sim de quem não às valorizam, porque os bonzinhos são fáceis, coitados, em poucos dias já estão apaixonados e entregues. Então, elas creem que podem e devem procurar algo “melhor”. E há várias outras coisas desanimadoras no que as mulheres avaliam para escolher um homem.

    Mas o que gostaria de questionar é: E o que ELAS tem a nos oferecer? Vemos sempre homens se queixando de que elas não os aceitam, etc e tal, mas e elas? Tem alguma coisa a nos oferecer, tão nobre assim, que dá a elas esse direito de exigir tanto? Amigos, ergam suas cabeças, limpem o suor na testa pelo esforço esgotador que nós temos que fazer para conquistar essas tais mulheres, e comecem a se perguntar se ela tem mesmo esse direito de exigir mundos e fundos da gente. Valorizem-se!!!

    E perguntem a elas: e vc, tem isso, aquilo, e tal? O que pode me oferecer? Vão ver que a resposta vai surpreender.

  1. Devaneios Insanos » Canalhas, uma odisséia na vida.
  2. O que as mulheres querem? (uma visão feminina) | 30 e Alguns

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: