Arquivo de abril \27\UTC 2007

Querer ou não querer, eis a questão

Estava eu lendo uns blogs até que parei no Chá de Hortelã e vi essa notícia no mínimo hilária.

A Liliana encontrou esse artigo falando de um cidadão americano(sempre eles) que virou judeu e está querendo obrigar o filhinho a fazer uma circuncisão.

Leiam o texto da Liliana, vai te render umas boas risadas.

1 comentário

Mulheres adoram gasolina

HA! Desculpa a agressividade, usei apenas como licença poética. Tava falando com um amigo meu e ele me passou o link de um video do charges.com.br sacaneando o fato das mulheres estarem andando muito pelo caminho das “Marias Gasolina”, aquele tipo que o cara só precisa de alguma coisa movida a gasolina, gás natural, alcool ou diesel para ficar altamente interessada.

Aqui está o link, assista e divirta-se com essa maravilhosa poesia criada por Maurício Ricardo.

5 Comentários

O que as mulheres querem?

Sim, eu tenho Orkut, todo dia abro aquele treco e troco algumas mensagens com amigos, mas dificilmente fico pulando de comunidade em comunidade.

Ontem foi diferente. Estava com um humor péssimo, sem o que fazer e inventei de sair fuçando por aí. Acabei me deparando com uma comunidade chamada “Minha vida amorosa é uma piada” e como instantaneamente senti a “afinidade” com o tema fui dar uma olhada mais de perto e ignorando os spams encontrei um tópico que intitula esse post.

No tópico, o autor descrevia sua frustração com o fim de seu relacionamento, nada fora do comum em se tratando de Orkut. Mas o que mais me chamou a atenção no tópico foi o texto de um e-mail que ele recebeu e postou sobre quais seriam as pretensões femininas quanto a um relacionamento. Em sua maior parte eu não posso discordar do texto, mas resolvi comentar sobre ele.

Nesse texto, é falado que quem transforma os homens em cachorros são as próprias mulheres. Vamos por partes. Sim, é verdade que alguns caras acabam como cachorros por frustrações e decepções que alguém lhe impôs. Isso eu quase posso afirmar por experiência própria. Apenas não afirmo totalmente porque nunca fui capaz de fazer nada que pudesse me sentir culpado com a sensação que me aproveitei de alguém por uma situação qualquer. Como exemplo, posso citar uma ex colega de pré-vestibular, que era louca por mim(sem falsa modéstia). Ela passou um bom tempo tentando fazer com que me interessasse por ela. Se fosse um desses cachorros teria me aproveitado e feito tudo que minha mente pervertida pudesse imaginar com ela, tal era o interesse nela em ficar comigo. Outras situações como essa também aconteceram, mas deixemos isso de lado.

O que passa na cabeça das mulheres nessas horas? Os caras tem de ser bonitos, legais, inteligentes…mas onde fica a parte importante da história? Gostar de verdade, respeitar, ouvir…Conversando com algumas amigas, já me relataram aos prantos suas dúvidas sobre o porque de os caras só se aproximar delas com interesse físico e não interessado realmente em um relacionamento sério. Oras, me desculpem queridas amigas, vocês sabem o quanto gosto de vocês, mas a resposta para isso está logo ali em cima: “as próprias mulheres criam os cachorros”. Se você perguntava-se inconformada o porque dessa frase deixe-me iluminar suas idéias. Quando vocês permitem que alguns exemplares da “raça” tenham sucesso em suas investidas vocês ajudam a fazer o cara acreditar que não precisam dessa “besteira” de ficar sério com alguém. Por que ele deveria ter esse trabalho se ali na esquina vai sempre ter alguém que vai cair na conversa dele e se render à alguns elogios ou uma conta paga?

Não consigo deixar de sentir uma ironia nessas coisas. Você não precisa ir longe, um rápido jogo de perguntas e respostas com qualquer pessoa vai mostrar que o que ela quer é uma pessoa que goste dela de verdade, seja fiel, honesta e todo esse blábláblá que todo mundo conhece, mas efetivamente, quem realmente faz isso? Já cansei de ver gente que se dizia amar mais que tudo no mundo uma pessoa e só precisa de um show, uma saída sem o amor da vida dele(a) para o pulo de cerca acontecer(experiência própria). Deus tenha piedade. Que amor é esse que a pessoa enfia uma faca nas costas de quem diz amar e volta na maior cara de pau depois dizendo que ama e tudo mais?

Pra dizer a verdade na maior parte do tempo eu tenho vergonha do ser humano, se pudesse escolher seria até uma barata que executa seu papel mais honrosamente que uma pessoa, tal é a falta de respeito que se tem pelos sentimentos alheios. Quando nós passamos a dar conversa para pessoas que só querem se aproveitar da gente, seja lá por que motivo for, não estamos sendo tão melhores que elas. Claro que cada caso é um caso e as vezes não percebemos que somos enganados, acontece. Mas também há casos que a pessoa sabe que a outra não presta e continua dando “apoio” a essa pessoa. Outro exemplo que posso dar é diretamente relacionado a isso. A um tempo atrás eu acabei envolvido indiretamente num rolo que teve no Orkut. Uma garota lá que não tenho a mínima idéia de quem seja e nunca vi na minha vida me apareceu insinuando qualquer coisa sobre eu ser um exemplar do tipo cachorro. Claro que fiquei puto e fui responder. Como a curiosidade é uma praga da humanidade, inventei de espiar o álbum da criatura e pra minha surpresa vi que só haviam fotos de conversa de um cara lá falando sobre sair com “umas mina”, da namorada dele e ameaçando a doida que tava zoando com ele. Minha raiva já diminuiu. “Ela ta delatando o cara? Huahahaha, bem feito pra ele.” pensei. Tenho uma política extremista sobre traição. Traiu? Tem mais que quebrar a cara(sei, sei, tem gente que num momento de fraqueza acaba fazendo merda e se arrepende de verdade, mas não é o caso a que me refiro) e pelo que acompanhei da história(falei, curiosidade é uma praga da humanidade) a namorada do cara deu um pé nele, nada mais justo. O foda da história foi que mesmo com o cara exposto como foi, ainda teve gente que tava defendendo ele. Não deu pra acreditar. Eu não tenho mais o perfil da criatura que detonou com o cara e pra falar a verdade nem quero, mas fiquei com um pouco de pena dela por ver que mesmo tendo feito aquilo ainda teve gente defendendo o cara, gente assim não merece nem amigos. É por causa dessas coisas que os cachorros são cachorros, esse tipo de apoio estimula os caras.

Saber que tem gente que se da com esse tipo me deixa com um pouco de raiva e frustração(não da pessoa, mas pela ironia de sempre ter sido e agido direito e mesmo assim não me sentir tão querido quanto um FDP desses parece ser). Como não poderia ficar, se num momento dizem que querem o bonzinho, mas na hora de ficar pegam os FDPs que tem por aí? Boa parte das vezes sabendo que são. Aceitem um fato, quem chega em vocês despejando um caminhão de elogios, pegando, alisando, falando que te desejam e tal, aquele tipo de cantada tão imbecil que eu não consigo acreditar como vocês comem, não querem nada de sério com vocês. Só querem usar até onde conseguirem e não conseguindo largam e vão atrás de outra. Ao mesmo tempo que fazem isso com vocês estão jogando mesma conversa em outras 10 sem que vocês saibam.

Quem gosta de vocês de verdade elogia sim, mas reparem na diferença, eles sempre chegam mais tímidos, mais retraídos, pois tem medo de perder vocês. Medo que as vezes parece ser justificado, já que mesmo quando conseguem, podem ser trocados porque vocês ficam invejando suas amigas que estão saindo todo dia, tomando as mesmas cantadas idiotas e se deixando levar por elas. Percebam a verdade nisso. É duro aceitar algumas coisas, não? Mas aceitem e aceitem por vocês mesmas. Quanto mais vocês dão conversa pra gente desse jeito, mais vai quebrar a cara e mais as pessoas que gostam de vocês vão se afastar, pois começam a pensar mal de vocês por mais que isso doa nelas. É a velha lei da Física se mostrando cada vez mais certa, “toda ação tem uma reação contrária e inversa à força exercida” e olha que essa força nem precisa ser física.

Não lembro onde que eu vi isso, mas achei completamente verdadeiro que o que a gente faz, por mais que achemos que é problema nosso, não é apenas nosso, já que afeta diretamente as pessoas que gostam da gente, então nossas decisões vão cair sobre os outros e devemos tomar cuidado. Por isso, da próxima vez que pensar em fazer alguma coisa, considere também como isso pode afetar quem gosta de você.

UPDATE: só para agradecer o e-mail de apoio e o carinho da Liliana. Valeu mesmo, doutora. =)

15 Comentários

A palavra Amor

Acredite quem quiser, nunca fui fã do BBB. Não acompanhei nenhum deles com muito boa vontade, aliás, dificilmente fico vendo tv. Mas este me chamou a atenção por causa de um casal que vi praticamente aos tapas na casa do visinho: Iris e Diego.

Pensem o que quiserem, sou extremamente romântico assumido e não tenho vergonha de adimitir novamente. Tenho uma história complexa com relacionamentos, meu último me marcou profundamente. Não quero e não vou entrar em detalhes, apenas meus amigos sabem de tudo que se passou, mas se eu tirei alguma coisa de bom depois de tudo, foi que se não tivesse acontecido eu não teria conhecido tantas pessoas de quem passei a gostar tanto.

Os dois pombinhos do BBB que conquistaram a simpatia de todos me faz pensar cada vez mais em como é importante se ter uma pessoa para amar(e mais importante, ser amado) e o besta que vos escreve novamente não tem vergonha de adimitir que se emocionou quando o paredão entre eles foi formado e executado. Foi triste ver os dois sendo separados daquele jeito. Sim essa porcaria de BBB é um jogo e gostando ou não quem se presta a assistir deve aceitar que os participantes vão jogar e “interpretar papéis” de maneira a faturar o tão desejado milhão.

O que me incomodou na situação, foi que não pude deixar de sentir desprezo pelo lado do grupinho do caubói. Eles não trataram o caso como adversários do jogo, trataram os dois como inimigos com despeito e desrespeito. Os próprios participantes do grupo perceberam que não estavam agindo de boa fé e, pelo menos um pouco, se compadeceram do que estava acontecendo.

Ontem na final da sétima edição do programa, foi exibido um resumo da história dos dois. Façam-me um favor…o cara aqui, como algumas pessoas bem o sabem, não anda muito bem dessa parte do corpo tão essencial, no sentido físico, quanto dispensável, no sentido emocional(já que na quase totalidade do tempo causa mais tristeza que alegria), e fiquei bem abalado pelas coisas que andam contecendo comigo e pela distância que me separa de uma pessoa a quem quero tanto. Mesmo com brigas e discussões, era óbvio pra qualquer pessoa que tenha um mínimo de compreensão de linguagem corporal que eles são loucos um pelo outro, e nesse ponto eu sou bastante observador, até me irritei quando via ela fazendo como se não sentisse nada. Só nas últimas horas dela dentro da casa que se permitiu adimitir que gostava do cara.

Na minha opinião, foi por essas ultimas horas que o público passou a ter tanta simpatia pelos dois. Por mais que não tenha havido beijos, declarações de amor e nem nada do tipo, o que eu acho mais importante acontecia constantemente, as demonstrações de carinho entre eles, me refiro aos toques, abraços e cafunés, por exemplo. Mais e mais minha vontade de estar com esse alguém crescia enquanto via aquelas cenas, alguém que infelizmente está muito longe, mas que depois de tanto tempo me fez querer estar com uma pessoa e ter aquele mesmo tipo de carinho que via entre Alemão e Siri.

Por mais que ela dissesse que pro Alemão levar precisaria conquista-la primeiro, ela mesma sabia que já estava conquistada a muito tempo e na saída da casa ontem na final, o momento que todo mundo esperava ver entre eles aconteceu, acho eu até que não é necessário dizer qual.

Pessoalmente, acredito que eles terão uma vida longa juntos e desejo felicidades aos dois mesmo depois que a morte os separe, nesse mundo, pois tenho pra mim que após a morte vamos para um lugar melhor, onde o amor deles será apenas reforçado pelo tempo que permanecerem separados no fim de suas vidas, mas não da eternidade.

Dedico este texto a todos que, como eu, tanto amam alguém e por algum motivo está separado dessa pessoa especial. Nada me faria mais feliz do que estar ao SEU lado.
Te adoro.

5 Comentários

Sonhar

Sonhos, não creio que existam pessoas que não tenham sonhos nessa vida. Dos mais simples como possuir algum bem material a coisas absurdas que só a mente de cada um pode imaginar.

Sim, também tenho meus sonhos, alguns dos quais não teria coragem de publicar aqui ou mesmo compartilhar com outras pessoas por serem muito pessoais e se encaixarem na segunda categoria que citei anteriormente, os do tipo absurdo. É claro, como todo mundo quero uma vida digna com acesso às cosias que gosto, morar numa boa casa, ter uma família(coisa que aliás, o destino parece colocar cada vez mais distante de mim), alguns bons amigos. Não acho que esteja pedindo muito com esses sonhos, inclusive diria que estes estão mais para projeto de vida que sonhos em específico, diferentemente de algumas pessoas que ambicionam por fortuna e glória. Exemplos? Não sei, não sei…citar nomes é um tanto quanto comprometedor no meu ponto de vista, não gostaria de “acusar” ninguém.

Acho válido e até necessário haverem sacrifícios para se alcansar o que tanto se quer, desde que para isso não se atropele ninguém no processo, seu direito termina onde começa os dos outros. Isso me lembra de um mangá, xxxHolic, onde a personagem Ichihara Yuuko pode realizar os sonhos das pessoas, sendo necessário para isso o pagamento de alguma coisa de valor equivalente. Esse mangá é interessante por mostrar as profundas relações das nossas ações com os efeitos causados por elas. E faz você pensar se a realização de algum sonho vale o sacrifício necessário. Por exemplo, vamos supor que exista uma pessoa muito importante para você, alguém que você não consegue imaginar como seria sua vida sem ela estar presente. Se o custo da realização de um sonho seu fosse tão importante, valeria a pena perder essa pessoa tão amada, seja isso por meio de ações que você toma causando uma frustração nessa pessoa que preferiria se fastar de você, seja por morte, ou qualquer outro motivo, para a realização desse sonho? O que você faria? Escolheria o sonho ou a pessoa amada? Não importa sua resposta, ela modificaria sua vida para sempre, fazendo-se necessário avaliar o que seria mais importante, já que dificilmente você conseguiria repor o que for ser deixado para trás nessa decisão.

Infelizmente ainda não fui capaz de realizar nenhum sonho que tenho, apenas me vejo com o passar do tempo precisando deixar alguns de lado, outros precisando ser adiados. As vezes me parece que meus sonhos apenas se distanciam de mim e quanto mais tento me aproximar deles, mais se afastam.

Ainda não perdi a esperança completamente, tento acreditar que essa fase péssima uma hora vai passar. Só resta seguir em frente e pedir que Deus não me abandone.

3 Comentários

Reminiscência

Tristeza, saudade, sensação de vazio…Nada dói mais e pesa por dentro das pessoas que esse tipo de sentimento, não é alguma coisa que possa ser tratada e medicada facilmente. Quando se gosta de alguém de verdade e se vê essa pessoa partindo, nos deixa um buraco e cria um ferimento que nunca se fecha. Um ferimento que diarimanete nos traz aflição e a desesperada necessidade de estar com quem amamos.

A dor de estar sozinho, de sentir que nada será como antes, que por mais que você tente nadar contra essa maré de saudade a correnteza te jogará para o fundo e te afogará em lembranças do que um dia foram os melhores momentos de nossas vidas e hoje não passa de armas para a tristeza.

Uma distância crescente nos separa, nos deixa afastados. O desejo de sentir seu toque e seu carinho. Como pode um sentimento tão forte desaparecer repentinamente nos deixando apenas com o que foi um dia?

Pois te digo destino, esse fardo cruel e gélido que guardou pra mim é injusto, e por mais que insista há de me deixar, e minhas memórias serão renovadas, não pelo que eram, mas pelo que virá a ser, com novas e quentes recordações, deixando tudo de frio e doloroso no único lugar a que pertencem, o esquecimento do passado.

Tenho meus motivos para esse texto, um acontecimento me devolveu recordações que estavam enterradas, mas sou apenas humano. Um humano que sente e se compadece do sofrimento alheiro. Nunca gostei de ver gente sofrendo, as vezes, muitas vezes, pensei mais no bem estar alheio que no meu próprio. Qualidade essa que foi explorada benéfica e egoistamente por várias pessoas. Estou torcendo por uma pessoa em especial nesse momento, peço a Deus que ilumine esta pessoa com a clareza necessária para que siga com sua vida e não fraqueje perdendo para a tristeza como aconteceu comigo. Acredito que saiba quem seja, então tenha força, você não estará sem alguém que possa te ouvir e apoiar em um momento tão duro como esse. E tenho certeza que não falo apenas por mim quando afirmo essas palavras.

5 Comentários